Projeto de segurança contra incêndio e pânico

DEFINIÇÃO

O projeto de segurança contra incêndio e pânico é um conjunto de especificações técnicas para a redução dos riscos dos ocupantes de determinada edificação em uma situação de incêndio ou iminência do mesmo. Deve nascer junto com o projeto arquitetônico, pois nele são definidas as posições e dimensões das esquadrias, corredores, barreiras de proteção, escadas etc. Todos os projetos de incêndio precisam passar pela aprovação do Corpo de Bombeiros.

O QUE ABRANGE

Um projeto de incêndio envolve todo o dimensionamento dos elementos de segurança para a edificação, bem como a adaptação dos que já foram apresentados no projeto arquitetônico. Isso inclui a instalação de alarmes de incêndio, sistema de hidrantes, extintores, iluminação de emergência, sinalização de emergência, distâncias para que as saídas sejam alcançadas, controle de fumaça, escadas, corrimãos, combustibilidade e resistência ao fogo (dos materiais de acabamento e das estruturas), vedações, barreiras etc.

APLICABILIDADE

É obrigatória a apresentação de projeto de incêndio para áreas construídas a partir de 750m², condomínios, ocupações com grande concentração de pessoas e locais com gás natural ou qualquer outro tipo de produto explosivo e de alto potencial lesivo (à saúde humana, ao meio ambiente e ao patrimônio). No Brasil, este tipo de projeto vem sendo cobrado cada vez mais, principalmente após o grave acidente com uma boate em Santa Maria (RS) no ano de 2013, onde a importância do projeto de incêndio como requisito básico de segurança ganhou a atenção de todo o país.

EXEMPLO

Em 2015, a Civil Jr. capacitou seus membros com relação à elaboração de projetos de incêndio e em 2016 realizou uma pesquisa de mercado desse tipo de serviço para avaliar a demanda na região de Ouro Preto (MG). Pouco tempo depois uma república estudantil da cidade e a Civil Jr. fizeram negociações para a implementação de um projeto, tendo em vista que a república comporta uma quantidade considerável de pessoas durante eventos internos aos finais de semana e feriados. Essa aglomeração, no caso de um acidente com fogo, precisa receber a devida orientação através das indicações de saída e demais sinalizações, assim como estar munida de equipamentos controladores, como hidrantes e extintores. A república, para ter seu projeto aprovado, necessita também de adequar seus espaços com as dimensões e materiais especificados em normas, garantindo assim a prevenção do incêndio.

Fontes: Corpo de Bombeiros e Waterfire

Título do Site

Brasil Júnior
FEJEMG
Core
Escola de Minas
UFOP
Civil Júnior Consultoria
Empresa Júnior de Engenharia Civil da Escola de Minas
Universidade Federal de Ouro Preto